Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Call to action: como torná-lo efetivo e aumentar suas conversões

Você está lá navegando por um site de compras quando aparece na sua tela um banner anunciando uma promoção no e-commerce com um botão “compre agora”, o que é isso? Chama-se call to action (CTA) e tem como objetivo te chamar para fazer algo nesse caso, comprar o produto da promoção.

Encontrar call to action em sites e blogs está ficando cada vez mais comum, pois eles chamam a atenção e orientam os clientes à conversão.

No texto de hoje vamos ensinar você utilizar call to action de maneira efetiva, aumentando assim suas chances de conversão.

Ficou interessado? Então continue a leitura!

O que é esse tal de call to action?

Call to action, também conhecido como CTA, pode ser traduzido em português como “chamada para ação”, que significa exatamente o que ele faz.

O call to action utiliza recursos visuais para levar o internauta a seguir pelo caminho que o dono do site, ou do blog, deseja.

Por exemplo, se você está em uma Landing Page para baixar um material rico como um e-book – é importante colocar um call to action para o usuário fazer o download. Neste caso, um botão escrito “baixe o e-book” seria uma boa opção.

É interessante utilizar os CTAs para levar o cliente a próxima etapa do seu funil de vendas, de forma que ao final do processo ele compre o seu produto.

O call to action pode ser utilizado para:

  • Baixar um e-book;
  • Visitar uma outra página específica;
  • Assinar uma newsletter;
  • Fazer download de um software;
  • Comprar um produto;
  • Entrar em contato;
  • Fazer um cadastro;
  • Pedir mais informações;
  • Pedir um orçamento.

Como utilizar call to action de maneira efetiva?

Para o call to action cumprir com a sua função, ou seja, levar o usuário a praticar aquela ação, é preciso chamar a atenção do internauta.

Você pode utilizar call to action em:

  • Home do site;
  • Páginas do site;
  • Redes Sociais;
  • Anúncios;
  • Artigos no blog;
  • E-mail marketing;
  • Etc.

Mas como garantir que a sua “chamada para ação” vai criar o resultado desejado? Atentar-se em alguns pontos na hora de criar seu CTA pode ajudar.

Atenção às nossas dicas:

Saiba usar cores e contrastes

Saber utilizar cores e contrastes é o primeiro passo para chamar a atenção para o seu call to action.

Imagine que vê um banner com fundo preto e letra cinza. Provavelmente a leitura ficará prejudicada pela falta de contraste entre o preto e o cinza. Esse banner chamaria mais atenção se tivesse suas letras em branco.

Da mesma forma acontece nos seus CTAs. É preciso que haja contraste entre seus elementos para que o internauta foque sua atenção nele.

Além disso, o próprio CTA deve estar em destaque na página, ou seja, contrastando com o resto da página como um todo.

Se a sua página tem fundo azul e irá surgir um call to action em forma de banner na tela, é importante que este banner não esteja em tons de azul.

Para saber quais cores criam contraste, observe o círculo cromático. Quanto mais as cores estiverem próximas, menos contraste elas terão. O máximo contraste é encontrado nas cores opostas do círculo.

Observe a ilustração a seguir, retirado do site Papel Contact, para melhor entendimento:

call to action

Utilize frases no imperativo

A famosa propaganda dos anos 90 do chocolate baton dizia “compre baton, compre baton”. Esse tempo verbal que diz para a pessoa fazer algo chama-se imperativo.

As frase no imperativo são utilizadas para dar uma ordem, por isso, esse tempo verbal é muito utilizada pelas mães com seus filhos pequenos. “Não corra” e “coma as verduras” são exemplos do uso do imperativo.

Para o seu call to action ser efetivo também é imprescindível utilizar suas chamadas no imperativo. “Baixe”, “compre”, “aproveite”, “não perca”, “experimente” e “cadastre-se” são formas que podem ser usadas.

Se você reparar em sites que utilizam o recurso dos CTAs, é raro encontrar chamadas em outros tempos verbais. O imperativo impera nesse universo.

Crie urgência no seu call to action

Utilizar palavras de urgência também é uma boa forma de garantir que o seu cliente clique no seu call to action.

Imagine que o internauta esteja querendo trocar de celular e esteja pesquisando preços. Se o seu CTA traz uma contagem regressiva do tempo da promoção, sua taxa de conversão aumentará.

Isso porque a maioria das pessoas compra pelo momento, então se ela vê uma boa oportunidade por tempo limitado, vai querer aproveitar, uma vez que não sabe quando haverá outras promoções.

Utilize números

Os números chamam muito a atenção do usuário, por isso, utilize-os sempre que possível.

No caso de vendas, mostre ao seus clientes como a compra será interessante para ele. Coloque o antigo preço do produto e, em seguida, o preço da promoção. Assim ele saberá quanto estará economizando.  

Outra forma é utilizar a porcentagem de desconto que está sendo oferecida. Você ficaria surpreso com os resultados que a frase “ganhe 30% de desconto agora mesmo!” pode gerar.

Isso acontece porque os números são exatos, neles não há subjetividade.

“Economize muito” é bem diferente de “economize R$ 700,00”, pois o conceito de “muito” pode variar de pessoa para pessoa,  já os R$ 700,00 não.

Tenha em mente o objetivo do call to action e a sua persona

Na hora de criar o CTA ideal é preciso saber bem o que sugerir ao seu cliente.

Por exemplo, uma pessoa que está lendo um artigo sobre eletrodomésticos, talvez não tenha interesse em comprar um sapato de festa.

Se ele vir um CTA convidando-o a comprar um sapato, é provável que ele simplesmente ignore-o.

Outro caso seria alguém lendo um texto seu de topo de funil pela primeira vez, provavelmente este cliente não clicará para comprar seu produto naquela hora.

Nesse caso, pode ser melhor direcionar o leitor para um texto de meio de funil ou para um material rico, antes de convidá-lo a comprar seu produto.

Por isso também é necessário conhecer a fundo sua persona, quais são as principais dores dela, como você pode melhorar a vida dela e o que ela gostaria de adquirir.

A partir daí é possível saber em qual tipo de CTA ela teria interesse em clicar e aí apostar nele.

Resumão para você não se esquecer de nada

Seu call to action deve se destacar no seu site. Para isso é importante:

  • Saber usar as cores e contrastes;
  • Utilizar frases no imperativo;
  • Criar urgência;
  • Utilizar números;
  • Ter em mente o objetivo e a persona.

E para finalizar, deixaremos aqui um call to action para você aprimorar ainda mais suas habilidades com vendas pela internet. Acesse nosso artigo 7 cuidados no e-commerce: do atendimento à entrega do pedido.

Compartilhe:
Share on FacebookShare on LinkedInEmail this to someoneTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest
Comentários

Deixar um comentário